25 de Junho, 2019

“Ano novo vida nova”… ou nem por isso?