O novo ouro negro

9 de Março, 2018,
Artigo incluído na edição de fevereiro 2018

Passaram 13 anos da descoberta do grafeno e só a União Europeia investiu mil milhões de euros para investigar este material. A Graphenest colocou Portugal no mapa da inovação.

Anterior Próximo