Duelo de titãs – Os clubes de futebol mais valiosos

Artigo incluído na edição de julho 2019
28 de Novembro, 2020,

Os clubes de futebol mais valiosos do planeta são todos provenientes da Europa, com o Reino Unido e Espanha à cabeça.

20º

Newcastle united

  • Valores Jan/19: 381

19º

Everton FC

  • Valores Jan/19: 416
  • Valores Jan/18: 315
  • Variação anual: -5%

18º

AC Milan

  • Valores Jan/19: 509
  • Valores Jan/18: 536
  • Variação anual: -5%

17º

West Ham United FC

  • Valores Jan/19: 538
  • Valores Jan/18: 656
  • Variação anual: -18%

16º

AS Roma

  • Valores Jan/19: 543
  • Valores Jan/18: 538
  • Variação anual: 1%

15º

FC Internazionale Milano

  • Valores Jan/19: 587
  • Valores Jan/18: 528
  • Variação anual: 11%

14º

FC Schalke 04

  • Valores Jan/19: 597
  • Valores Jan/18: 615
  • Variação anual: -3%

13º

Borussia Dortmund

  • Valores Jan/19: 783
  • Valores Jan/18: 791
  • Variação anual: -1%

12º

Atlético de Madrid

  • Valores Jan/19: 833
  • Valores Jan/18: 744
  • Variação anual: 12%

11º

Paris Saint-Germain

  • Valores Jan/19: 954
  • Valores Jan/18: 852
  • Variação anual: 12%

10º

Juventus

  • Valores Jan/19: 1321
  • Valores Jan/18: 1283
  • Variação anual: 3%

Tottenham Hotspurs

  • Valores Jan/19: 1419
  • Valores Jan/18: 1036
  • Variação anual: 37%

Liverpool

  • Valores Jan/19: 1907
  • Valores Jan/18: 1851
  • Variação anual: 3%

Arsenal

  • Valores Jan/19: 1981
  • Valores Jan/18: 1785
  • Variação anual: 11%

Chelsea

  • Valores Jan/19: 2250
  • Valores Jan/18: 1800
  • Variação anual: 25%

Manchester City

  • Valores Jan/19: 2348
  • Valores Jan/18: 2154
  • Variação anual: 9%

Bayern Munique

  • Valores Jan/19: 2642
  • Valores Jan/18: 2669
  • Variação anual: -1%

Manchester United

  • Valores Jan/19: 3327
  • Valores Jan/18: 3616
  • Variação anual: -8%

Barcelona

  • Valores Jan/19: 3513
  • Valores Jan/18: 3548
  • Variação anual: -1%

Real Madrid

  • Valores Jan/19: 3703
  • Valores Jan/18: 3561
  • Variação anual: 4%

Com a coesão do império a ameaçar ruptura depois dos auto-golos no Brexit, o futebol é o garante do orgulho da grande ilha.

Na lista dos clubes de futebol mais valiosos do mundo elaborada pela FORBES, só o Bayern de Munique, da Alemanha, destoa na lista das seis equipas com lucros acima de 100 milhões de euros.

No pólo oposto, os 32 milhões de euros de resultados operacionais negativos atingidos pelo Barcelona são a nódoa nesta elite do futebol, em que, ainda no que toca aos lucros, o Manchester United é o campeão, acima dos 200 milhões de euros.

Uma vitória escassa, a financeira, para a equipa que não só perdeu o comboio da Liga dos Campeões 2019/2020, ao ficar no sexto lugar da Premier League, como destruiu valor ao clube e ainda ficou a uma enxovalhante distância de 32 pontos face os vizinhos City – que ainda por cima passearam o título britânico por Manchester.

À luz de tanto desaire, o United, que até teve a maior média de assistência do campeonato inglês, não só perdeu o lugar de clube mais valioso do mundo como, segundo se noticia em Inglaterra, tirará do cofre apenas 110 milhões de euros para Gunnar Solskjaer, sucessor de Mourinho, ir “às compras”.

Valor escasso quando se pensa que nem pagaria o passe de uma jovem promessa de um clube português…

Mas se foi o Atlético que teve músculo financeiro para protagonizar o negócio das Arábias para o futebol português, ao levar João Félix do Benfica, é o vizinho de Madrid quem levanta o troféu de clube mais valioso do mundo.

Já o Barcelona, apesar de campeão na La Liga 2018/2019, está em segundo e até perdeu valor. Note-se, contudo, que se a Juventus não tivesse pago já metade dos 100 milhões de euros do passe de Cristiano Ronaldo, o Real ficar-se-ia por metade dos lucros apresentados.